Jerônimo Alves assume presidência da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Pública

142
0
Share:

Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Pública da Câmara Municipal estabelece parceria com óregãos públicos na fiscalização dos serviços

O apoio aos órgãos públicos municipal, estadual e federal, na fiscalização dos serviços prestados ao consumidor, além da busca pela garantia dos direitos humanos e segurança pública ao cidadão foi o compromisso feito pelo presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Pública de Florianópolis da Câmara Municipal, vereador Jeronimo Alves (PRB), na primeira reunião de trabalho realizada na tarde desta quarta-feira (25), na sala das comissões do poder legislativo municipal. “É importante a câmara dar suporte ao consumidor, fiscalizando as empresas e fazendo os encaminhamentos necessários aos órgãos de defesa e também vamos trabalhar em conjunto com a Secretaria Estadual de Assistência Social nos projetos de combate às drogas, pois sabemos desta realidade e o problema não pode ser varrido para debaixo do tapete”, afirmou. Além disso, o vereador destacou a importância do papel da polícia na questão da segurança pública da cidade. O presidente da comissão disse ainda que está estudando a possibilidade de criar um canal de comunicação com o consumidor para receber reclamações e sugestões, além de esclarecer dúvidas.

Todos os outros quatro membros da comissão, os vereadores, Waldyvio da Costa Paixão Júnior, o Cel. Paixão (PDT), Aldérico Furlan (PSC), Edinon Manoel da Rosa, o Dinho, além de Renato Geske (PSC) estiveram presentes na reunião e se prontificaram a ajudar no que for necessário. O vereador Dinho afirmou que “a comissão será uma engrenagem que vai trabalhar em conjunto com os órgãos de defesa do consumidor”, Já o vereador Renato Geske lembrou da questão dos direitos humanos na luta pelo fim do preconceito racial, no direito de opção por orientação sexual e acesso à saúde.

O diretor do Procon Municipal, Gabriel Meurer, ressaltou que o órgão público está à disposição para prestar qualquer informação aos parlamentares. De acordo com dados estatísticos do Procon Municipal, só no ano passado foram efetuados 7.497 atendimentos, com um índice de resolutividade de aproximadamente 70%. Foram realizadas 3.758 audiências conciliatórias, com uma resolutividade de 68%. O setor de telefonia, que lidera o ranking das reclamações na capital, com 2.234 atendimentos, o que corresponde a 29,80% do total, foi destacado pelo vereador Jeronimo Alves. De acordo com ele, é preciso fiscalizar o trabalho das agências reguladoras.

Foto: Édio Hélio Ramos

Share:

Deixe o seu comentário