Palavra do Prefeito Cesar souza Jr

173
0
Share:

Uma das características mais atrasadas da administração pública brasileira é o que Raimundo Faoro chamou de patrimonialismo. Tratar a coisa pública como se privada fosse. A famosa e controvertida frase “para os amigos, tudo; para os inimigos, os rigores da lei” é ainda aplicada quase como um valor cultural.

A reavaliação dos alvarás concedidos nos seis meses anteriores ao início da nossa gestão comprovou o que intuíamos. A lei era torturada até a exaustão a fim de dar viabilidade a diversos empreendimentos. Aprovaram-se projetos em três dias de tramitação, aprovou-se prédio em servidão, em desrespeito ao patrimônio histórico, sem exigir certidão da Casan que comprove a existência de rede de esgoto.

O impacto no trânsito, então, foi solenemente ignorado. Projeto de aterro em nome da Prefeitura Municipal com logotipo de empresa privada, sem nenhuma manifestação pública de interesse ou previsão de licitação, e por aí vai.

Compreensível a incompreensão de alguns, por vezes agressiva. É uma mudança cultural. Mas nós não voltaremos atrás. Quem quiser empreender em Florianópolis terá que cumprir a Lei e respeitar a cidade. Simples assim. Todo bom empreendimento será bem-vindo. De maneira clara e transparente, boas parcerias com o setor privado serão estabelecidas. A modernidade não pode chegar a Florianópolis de carona nas práticas mais atrasadas da administração pública brasileira.

Estas ações não deveriam surpreender ninguém, já que todos os temas, até os mais polêmicos, são compromissos de campanha. Compreendo que por vezes a coerência pode surpreender alguns, sobretudo quando se enfrenta interesses econômicos poderosos.

Os 100 primeiros dias da nossa administração representam uma mostra daquilo que Florianópolis vivenciará pelos próximos quatro anos: uma prefeitura comprometida com a cidade e sua gente, que protege e preserva o meio ambiente, que investe na educação, na saúde, na qualidade de vida, na geração de emprego e renda, no planejamento urbano, que está ao lado daqueles que mais precisam e que colocará, sempre, o interesse público acima e à frente de interesses privados.

O vice-prefeito João Amin e eu seremos fiéis ao programa que apresentamos à população da nossa cidade e que foi legitimamente aprovado em dois turnos nas urnas. Basta atentar para as palavras que empenhamos na eleição para que não aconteçam mais surpresas.

Share:

Deixe o seu comentário